segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

ERA UMA VEZ UM HOMEM MAU E UMA CHAPEUZINHO VERMELHO PÓS-MODERNA

ERA UMA VEZ UM HOMEM MUITO MAU QUE NÃO ERA O REI DO LUGAR, MAS ACHAVA QUE TINHA O REI NA BARRIGA PORQUE SERVIA AO REI DO LUGAR. ESTE SIM, UM REI COM PODER. MAS O COMPLEXO DO VASSALO QUE NÃO ERA REI ERA TÃO GRANDE, QUE ACREDITAVA QUE TAMBÉM DEVERIA SER EXALTADO COMO UM REI. MUITO SEMELHANTE A HAMAM E MARDOQUEU. HAMAM QUERIA HONRAS QUE MARDOQUEU NÃO DISPENSAVA. ENTÃO FEZ UMA FORCA PARA MARDOQUEU E O PRÓPRIO HAMAM FOI QUEM MORREU NELA. MAS O HOMEM MUITO MAU QUE TEM COMPLEXO DE REI NÃO É HAMAM, TALVEZ UM PARENTE DISTANTE, PORQUE AS SEMELHANÇAS SÃO MUITO GRANDES. NESSE LUGAR TAMBÉM VIVIA UMA VERSÃO MAIS ATUAL E PÓS-MODERNA  DA CHAPEUZINHO VERMELHO QUE BRINCAVA COM OS LOBOS MAUS DO LUGAR E QUE SABIA QUE O HOMEM MAU ERA MUITO PERIGOSO NO AGIR POR TRÁS. LOGO A VERSÃO MAIS ATUALIZADA DA CHAPEUZINHO SACOU QUE NA SUA CESTINHA DE PIQUENIQUES ALGUMAS PESSOAS PRÓXIMAS AO HOMEM MAU QUE ERAM TIPO CRIAS DA MALDADE E DA IMPUNIDADE, PENSARAM EM ARMAR SITUAÇÕES VEXATÓRIAS COMO COLOCAR DROGAS E ARMAS NO MEIO DO LANCHE PARA A VOVOZINHA E ASSIM PREJUDICAREM CHAPEUZINHO. SÓ QUE CHAPEUZINHO ERA ESPERTA E NÃO DEIXAVA SUAS CESTAS JOGADAS POR AÍ. FOI QUANDO O HOMEM MAU JUNTO COM SUAS CRIAS RESOLVERAM PROCURAR UMA BRUXA MUITO MÁ QUE VIVIA NUMA CIDADE PRÓXIMA E QUE AJUDAVA A MUITAS PESSOAS LIGADAS AO HOMEM MAU COM SUA POÇÃO MÁGICA QUE FAZIA AS CRIAS APARECEREM DENTRO DA CASA DAS PESSOAS E LÁ MESMO IMPLANTAREM ARMAS E DROGAS PARA PREJUDICAR OS DESAFETOS DO HOMEM MAU E DE SUAS CRIAS. A CHAPEUZINHO VERMELHO PÓS-MODERNA LOGO PERCEBEU QUE TERIA QUE FAZER UMA MÁGICA CONTRA A POSSÍVEL POÇÃO DA BRUXA MÁ. NÃO SATISFEITOS, O HOMEM MAU E SUAS CRIAS COMPARECERAM AO PRESÍDIO DA CIDADE E LÁ FACILITARAM QUE UM HOMEM QUE CUMPRIA PENA SAÍSSE E MATASSE A NOSSA CHAPEUZINHO. DEPOIS O MESMO VOLTOU PARA A PRISÃO E NINGUÉM DESCONFIOU DE QUEM TERIA FEITO AQUILO COM A CHAPEUZINHO PORQUE CONFORME DEPOIMENTOS DO HOMEM MAU E DE SUAS CRIAS, ELA ERA MUITO ENCRENQUEIRA E TINHA MUITOS INIMIGOS E OS PRESOS NÃO POSSUEM AUTORIZAÇÃO PARA SAIR. ENTÃO NOSSA CHAPEUZINHO PÓS-MODERNA VOLTOU DO ALÉM PARA PUXAR A PERNA DE TODOS E LEMBRÁ-LOS QUE A POBREZA DE ESPÍRITO E O CHEIRO DE ENXOFRE DELES PODIAM SER SENTIDOS DE ONDE ELA ESTAVA E QUE ELES FICASSEM COM O INFERNO NA TERRA QUE ELES MESMO CRIAVAM, QUE OUTRAS CHAPEUZINHOS APARECERIAM E QUE ELES TERIAM QUE DAR FUGA A MUITOS PARA QUE DEPOIS RETORNASSEM AO PRESÍDIO DA CIDADE PARA NÃO SEREM DESCOBERTOS.

LAURA BERQUÓ

PÉROLA NEGRA DO MÊS DE FEVEREIRO DE 2016 - LUZ SANTOS


A Pérola Negra de Fevereiro é ...


... nossa bela pernambucana no mês do Carnaval
Professora Universitária que estimula o respeito às diversas culturas e etnias

Bela e valiosa como uma pérola negra

quando ainda era uma promessa
"MULHER, NEGRA, POBRE E NORDESTINA
Por Luz Santos[1]
Assim sou eu, Maria Luzitana Santos, também conhecida por Luz Santos. Desde a adolescência, percebi que estas “condições” não eram muito favoráveis, do ponto de vista social e enquanto sujeito oprimido.
Também percebi que ser oprimida não é ser vítima. Significa aceitar minha posição histórica na sociedade por ser mulher negra. Posição que me foi apresentada desde a primeira infância, nos insultos recebidos no jardim da infância quando era chamada de “nega do cabelo pixaim”. Mas insulto por quê? É pixaim mesmo. E daí?
Pena que naquela idade não tinha orientação política o suficiente para não me sentir inferiorizada. Que raiva! E a posição de oprimida foi, por muitas vezes reforçada pelo discurso da então Diretora da Escola: “ela é negrinha sim, mas tem alma branca”. Alma lá tem cor? Criança sabe que alma não tem cor? Às vezes não. Mas criança sabe o que é ficar constrangida só por existir. Isso não precisa ninguém ensinar.
Usar farda, ter os chamados bons modos e fala tranquila nunca foi o suficiente para que eu me sentisse liberta. A prova disso é que mesmo sabendo, à época, abrir escalas e fazer vários passos de contorcionismo e piruetas, nunca fui chamada para ser baliza nos desfiles da Independência. Será que foi apenas por que o meu padrão negrinha não atendia ou por que nunca fiz a minha autodefesa? Por que tinha que ‘esperar’ ser escolhida? Por que nunca fui atrás daquele lugar se era tão importante para mim? Como tomar estas atitudes em um ambiente escolar onde se diz que ser negro não é problema mesmo com o número minoritário de negros?
Estudar na melhor escola do bairro, aos olhos da minha família que dizia: vale apena o esforço financeiro, assim você ‘será gente quando cresce’, não me parece, hoje, a melhor das estratégias formativas. Às vezes, aprende-se muito mais sobre sua identidade étnica nos ditos piores lugares. Piores para quem? Quem determina a visão maniqueísta de melhor ou pior? Não duvide: há um sistema que determina isso, inclusive ‘quem será gente’.
Depois das primeiras fases formativas, veio o período do estágio quando fazia escola técnica. Tantos lugares no mundo para estagiar, mas onde fui cair: no Sindicato dos Cultivadores de Cana de Açúcar. Minha mãe, minha avó e minha bisavó tinham trabalhado para a mesma família vinculada ao órgão. Como seria diferente para mim? Destino traçado antes mesmo de eu nascer.
Então lá fui eu. Magricela, extremamente tímida, mas muito sonhadora. Estudava pela manhã, engolia na hora do almoço, corria para o curso de datilografia e passava a tarde toda no estágio. Fiz excelentes e grandes amigos pelos quais tenho apreço e muito carinho até hoje. Alguns infelizmente já falecidos. Mas há alguém que tenho especial respeito pelo seu posicionamento humano, o meu ex-chefe, Dr. Scroggie Hawson, então chefe do Departamento Jurídico Cível.

O FATO
Depois de mais de uma hora procurando (e sem encontrar) um processo cível com prazo para defesa no dia seguinte, ouvi de um sindicalista, fornecedor de cana, que não queria mais ser atendido por uma negrinha. Que ele ia perder o prazo e por causa daquilo eu ia “pagar” por não encontrar o processo dele. Seria demitida!

A SURPRESA
Em um ambiente no qual cheguei literalmente pisando em ovos, mas que me firmei pelo compromisso com o trabalho e aprendizagem, nunca esperei aquele tipo de tratamento no estágio. E o pior, no momento estava praticamente sozinha no departamento. A secretária titular tinha aproveitado que todos os advogados estavam viajando (em audiências em outras cidades) e tinha ido ao médico, em uma consulta que há tempo precisa fazer.

O MEU ERRO
Um técnico de informática ouviu e presenciou tudo. Única testemunha, logo contou para os advogados que foram chegando ao final da tarde. Só assim soube que o procurado processo estava com um dos advogados. Ele ficou muito envergonhado por ter retirado o processo e não ter registrado nas fichas de acompanhamento. Mas vergonha não resolve problemas de insulto, desrespeito a diferença e desumanidade. Eu, do alto dos meus recentes 16 anos, tinha ficado mortificada. Nunca, durante toda a minha jovem vida, havia passado por situação semelhante. Nem mesmo as piadinhas da escola tinham me abalado tanto. Voltei no outro dia decidida a não mais estagiar naquele lugar. Não porque eu não merecesse estar lá, mas por que eu achava que eles não mereciam que eu estivesse lá. Lógico que eu estava assustada e totalmente errada. Aliás, estava com muito medo e reagindo as relações de poder.

O DESDOBRAMENTO
Cabe ressaltar que aquele sindicalista representava naquele momento (e ainda o é hoje) todo um sistema opressor, cruel, feroz e desumano. Quando o dia seguinte chegou, apresentei-me no estágio para entregar as tarefas que estavam sob a minha responsabilidade e fui falar com o meu chefe. Ele disse que não poderia me atender naquele momento. Pediu que eu aguardasse e achei estranho, pois ele foi logo para a máquina elétrica (estavam instalando computadores e ele, ainda aprendia a utilizar a ferramenta de informática). Vinte minutos depois me chamou em sua sala, assinou um documento e pediu que eu o acompanhasse. Eu tentei falar que precisava contar algo que havia acontecido e já estava ciente da minha demissão, mas ele não me deu oportunidade de falar. Pediu que eu o acompanhasse. Quando me vi, estava na sala do presidente do Sindicato presenciando um dos momentos mais marcantes da minha vida: o meu chefe estava entregando a sua carta de pedido de demissão, alegando que não ficaria trabalhando em uma instituição na qual infelizmente ainda prevalecia a discriminação racial.
O presidente e todos os presentes (cerca de 20 fornecedores) ficaram tão surpresos quanto eu. No final, ninguém foi demitido. Contudo, aprendi o valor da luta, do posicionamento firme, da atitude consciente que dignifica e liberta. Hoje, preferia eu mesma ter tido coragem para dizer tudo o que aquele sindicalista (fornecedor de cana) merecia ouvir. Mas, contar com a atitude do meu ex-chefe contribuiu e muito para que eu me auto afirmasse.

A SUPERAÇÃO
Scroggie Hawson não assumiu a posição de meu “anjo da guarda”. Sempre me deu bronca quando não atingia os objetivos e metas, mas virou um mentor pessoal. Foi o meu maior incentivador para que eu fizesse vestibular. Chegou a querer me emprestar o dinheiro da matrícula na faculdade particular, antes de eu ir para a Universidade Federal de Pernambuco. Também me incentivou a fazer o concurso público e acreditou em mim quando até pessoas mais próximas pareciam duvidar.
Suas broncas, cobranças e incentivos fizeram-me perceber que ser mulher, negra, pobre e nordestina não deveria ser o meu único destino. Fui ser também universitária, servidora pública, gerente de Recursos Humanos, membro de comissão de licitação, Secretária de Pós-graduação, batuqueira em grupo de percussão e professora universitária. E o que mais? O futuro dirá. Mas se tem algo que mais me orgulho é de ser negra – de ser a diferente em meio a multidão e de me fazer respeitar pelo caminho do respeito à diferença e da luta."








[1] Professora do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UFPB. Pedagoga. Especialista em Gestão da Qualidade e Produtividade. Especialista em Docência do Ensino Superior. Mestre em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

NÃO MISTUREMOS OS FUNDAMENTOS DE RELIGIÕES DE MATRIZES AFRICANAS COM EUROPEIAS

PRECISAMOS VALORIZAR A HERANÇA E CULTURA NEGRAS, AS RELIGIÕES DE MATRIZ AFRICANA, MAS ESSA VALORIZAÇÃO NÃO SIGNIFICA TAMBÉM SEPULTAR OS FUNDAMENTOS E ENSINAMENTOS DAS RELIGIÕES PAGÃS DE ORIGEM EUROPEIA QUE TAMBÉM TRAZEM SUA BELEZA E SUA MAGIA. EKEDE E OGÃ REALMENTE NÃO JOGAM BÚZIOS COMO TAMBÉM NÃO É TODA IALORIXÁ QUE É INICIADA NO OPELÊ IFÁ. ESSA É A VERDADE. MAS NO QUE TANGE A OUTRAS ARTES QUE SE UTILIZAM DE ORÁCULOS DIVERSOS DOS AFRICANOS, NADA IMPEDE QUE UMA PESSOA QUE NO CANDOMBLÉ NÃO SEJA BABALORIXÁ OU IALORIXÁ POSSA FAZER USO. VOU DISCORDAR DE POSTAGENS QUE DIZEM QUE OGÃ E EKEDE NÃO TÊM O DOM DA LEITURA DE CARTAS, TAROTS, RUNAS, ETC, PORQUE O TAROT NÃO PERTENCE AO CANDOMBLÉ, ASSIM COMO OUTRAS ARTES. RESPEITEMOS OS FUNDAMENTOS DE CADA RELIGIÃO, MAS TAROT, CARTAS, RUNAS, NÃO NECESSITAM QUE A PESSOA SEJA IALORIXÁ OU BABALORIXÁ, SÃO OUTROS SISTEMAS DE ORIGEM EUROPEIA. ATÉ A ORIGEM DOS CIGANOS É CONTROVERTIDA, PORQUE A "ÍNDIA" E O "EGITO" A QUE SE REFEREM ALGUNS DOS ANTIGOS EUROPEUS MEDITERRÂNEOS SÃO A ÁSIA MENOR E O LESTE EUROPEU. DESCENDENTES DE ITALIANOS LIGADOS A STREGHONERIA SE UTILIZAM DE ORÁCULOS DE ESPÉCIES BEM DIVERSAS DAS AFRICANAS, INDEPENDENTEMENTE DE ENTRAREM EM TRANSE OU NÃO. APENAS NÃO ALARDEIAM. POR ISSO, APOIO TODAS AS INICIATIVAS E AÇÕES QUE SEJAM AFIRMATIVAS E QUE DEBELEM O PRECONCEITO COM AS RELIGIÕES DE MATRIZES AFRICANAS, SEM NOS ESQUECERMOS QUE AS OUTRAS RELIGIÕES, INDEPENDENTEMENTE SE SÃO OU NÃO DE MATRIZ EUROPEIA OU AFRICANA, MERECEM RESPEITO TAMBÉM.
LAURA BERQUÓ.

O TERCEIRO MATADOR DE SEBASTIAN: VEJAM QUEM É NININHO

PREZAD@S, COMO VOCÊS PODEM VER NA FOTO, NÓS TEMOS O PISTOLEIRO AILTON KABATÃ ABRAÇADO COM A IRMÃ DO EX-VICE- PREFEITO MAURÍCIO, NA ÉPOCA QUE CARLINHOS DE TIÃO ERA CANDIDATO A REELEIÇÃO EM 2012, E NININHO QUE ESTÁ COM BONÉ E CABEÇA BAIXA MEXENDO NO CELULAR. ELE É SOBRINHO DO EX-VICE-PREFEITO MAURÍCIO E TAMBÉM É LARANJA EM EMPREENDIMENTOS DOS TIÃO EM QUEIMADAS. FOI ELE QUE DEU A RASTEIRA EM SEBASTIAN RIBEIRO COUTINHO FACILITANDO PARA QUE AILTON KABATÃ E NEGUINHO DENTINHO DE OURO PUDESSEM ATIRAR NA VÍTIMA. PERGUNTAMOS À POLÍCIA: POR QUE NININHO AINDA NÃO FOI PRESO? ONDE ELE SE ESCONDE? ELE JÁ FOI PRESO ALGUMA VEZ? OS TRÊS NA FOTO ESTÃO INFILTRADOS NA CAMINHADA DO ENTÃO CANDIDATO JACÓ MACIEL. HÁ RELATOS QUE TODA VEZ QUE NININHO COMETE UM CRIME, FICA DE LÁ PRA CÁ PARA O RIO DE JANEIRO.

CORDIALMENTE,

LAURA BERQUÓ
ADVOGADA, PROFESSORA E MILITANTE DE DIREITOS HUMANOS

DONA EDILENE MANDA RECADO AOS ELEITORES DE QUEIMADAS

PREZAD@S,
DONA EDILENE MANDA DIZER QUE IRÁ SUBIR NOS PALANQUES DOS ADVERSÁRIOS DOS TIÃO EM QUEIMADAS NESSA ELEIÇÃO MUNICIPAL, JÁ QUE A FAMÍLIA QUE TEM PODER DE VIDA E DE MORTE SOBRE A POPULAÇÃO LOCAL ESTÁ NO IMPASSE PARA SABER SE O CANDIDATO A PREFEITO SERÁ O DEPUTADO DODA DE TIÃO OU O EX-PREFEITO CARLINHOS DE TIÃO. DONA EDILENE PROMETEU DIANTE DO CORPO DO FILHO SEBASTIAN RIBEIRO COUTINHO, ASSASSINADO A MANDO DO GRUPO POLÍTICO DOS TIÃO, POR TOMAR CONHECIMENTO QUE A FAMÍLIA É RESPONSÁVEL POR EXPLOSÕES A BANCO NA PARAÍBA PARA FINANCIAMENTO DE CAMPANHA, TRÁFICO DE ARMAS E DROGAS, GRUPOS DE EXTERMÍNIO E ETC, CONTANDO INCLUSIVE COM A PARTICIPAÇÃO DE POLICIAIS MILITARES DA ATIVA E APOSENTADOS. O GRUPO DO DEPUTADO ESTADUAL DODA DE TIÃO É DA BASE DO GOVERNO ESTADUAL E EM CONVERSA PARTICULAR POR E-MAIL COMIGO, O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA ME CONFIRMOU QUE SABE QUE UM DOS INTEGRANTES DA FAMÍLIA DOS TIÃO, PREÁ (JOSÉ RICARDO SOUZA RÊGO) É ENVOLVIDO COM CRIMES MUITO GRAVES E SERÁ ARROLADO COMO TESTEMUNHA EM PROCESSO CRIMINAL QUE PREÁ NA CARA DE PAU MOVE CONTRA DONA EDILENE E EM OUTROS QUE ENTENDERMOS NECESSÁRIO. O QUE DIZ DONA EDILENE:

"E enquanto vida tiver lutarei para que não tenham mais esse poder, nunca mais governar a cidade que o meu filho perdeu a vida, bem como outros que também trabalhavam na politica e foram assassinados por também saber de todos os podres deles e morreram por ter falado publicamente e baterem de frente com eles. E que a população Queimadense não entregue a cidade nas mãos desses Tiãos e Lucenas, Mãos sujas de sangue inocente, que também pensem no futuro dos filhos e netos. Porque mandaram assassinar o meu filho e filhos de outra mães que perderam os filhos que foram assassinados e elas nao podem sequer abrir a boca para clamar por justiça e que gostariam de estar desabafando e acima de tudo denunciando cada um deles pela morte dos filhos, mas o medo predomina por saber que são perigosos e vingativos, mas sei que torcem pela prisão deles. Vamos fazer justiça queimadenses!!!Não vamos deixar que esses assassinos consigam o poder que já custou tantas vidas!" DONA MARIA EDILENE, MÃE DE SEBASTIAN RIBEIRO COUTINHO


CASO SEBASTIAN E O TERCEIRO PISTOLEIRO: NININHO

Sebastian: " joia eterna que tiraram de mim" Dona Maria Edilene, mãe.
PREZAD@S, DIA 31.03.2016, FARÁ 1 ANO QUE OS PISTOLEIROS AILTON KABATÃ E NEGUINHO DENTINHO DE OURO (OU GABINETE) FORAM PRESOS PELO ASSASSINATO DE SEBASTIAN RIBEIRO COUTINHO. OCORRE QUE NA ÉPOCA A DELEGADA A FRENTE DO CASO INFORMOU QUE EXISTE UM TERCEIRO ELEMENTO, QUE SEGUNDO ALGUMAS TESTEMUNHAS, FOI QUEM DEU A RASTEIRA EM SEBASTIAN PARA QUE ELE AO CAIR FOSSE ALVEJADO PELA DUPLA DE PISTOLEIROS QUE JÁ SE ENCONTRA PRESA. O NOME DESSE TERCEIRO É NININHO. QUEM É NININHO? É O SOBRINHO DO EX-PREFEITO CARLINHOS DE TIÃO (UM DOS MANDANTES DO ASSASSINATO DE SEBASTIAN). NININHO É AINDA LARANJA EM EMPREENDIMENTOS DA FAMÍLIA TIÃO, QUE TEM COMO EXPOENTE MAIOR NA POLÍTICA PARAIBANA O DEPUTADO ESTADUAL DODA DE TIÃO. O PRÓPRIO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA TEM CONHECIMENTO DA EXTENSA LISTA DE CRIMES COMETIDOS POR PREÁ, IRMÃO DO DEPUTADO DODA E DO EX-PREFEITO CARLINHOS DE TIÃO. SEBASTIAN FOI MORTO POR QUEIMA DE ARQUIVO PORQUE PRESENCIOU "REUNIÕES POLÍTICAS" EM QUE A QUADRILHA PLANEJAVA DENTRE OUTROS CRIMES EXPLOSÕES A BANCO E ROUBO DE CARGAS, ALÉM DO HOMICÍDIO DO ENTÃO CANDIDATO JACÓ MACIEL (O QUE NÃO OCORREU, GRAÇAS A DEUS). NO BRASIL, A HISTÓRIA ESTÁ SENDO SACUDIDA PORQUE ESTAMOS VENDO A PRISÃO DE SENADORES, EMPRESÁRIOS ENVOLVIDOS COM ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO E EX-PRESIDENTES SENDO INVESTIGADOS POR POSSÍVEIS PRÁTICAS CRIMINOSAS. SOMENTE NA PARAÍBA, ANDANDO NA CONTRAMÃO DA HISTÓRIA, GRUPOS POLÍTICOS DA BASE DO GOVERNO ENVOLVIDOS COM CRIMES SÓRDIDOS PASSAM A MARGEM DAS INVESTIGAÇÕES POLICIAIS.

LAURA BERQUÓ

O USO INDEVIDO DE SÍMBOLOS RELIGIOSOS POR FACÇÕES CRIMINOSAS NA PARAÍBA

imagem da internet: Nossa Senhora de Fátima
Quando estive Conselheira de Direitos Humanos do Estado da Paraíba percorri alguns presídios paraibanos e aprendi algumas coisas sobre as duas maiores facções paraibanas envolvidas com o narcotráfico. Tanto a facção Okaida como a facção Estados Unidos utilizam indevidamente símbolos religiosos católicos como o terço e a imagem de São Jorge. Não concordo com esse tipo de perversão. Militantes de Direitos Humanos devem defender a dignidade existente e inerente a cada ser humano, sem no entanto concordar com práticas que de longe tem a ver com o exercício da liberdade de crença e religiosa, quando começa a ferir o sentimento religioso de outras pessoas e grupos. A Okaida e os EUA utilizam aqueles terços de plásticos para se identificarem, tendo certa feita uma colega de CEDHPB pedido para que eu questionasse um diretor de um dos presídios da capital paraibana sobre a proibição de terços na unidade e ainda ventilou que tal decisão seria baseada no fato do referido diretor ser evangélico. Desconfiei que a razão não fosse essa porque na mesma unidade podemos ver o retrato da imagem de Nossa Senhora, por isso perguntei qual seria o verdadeiro motivo e me foi explicado que as facções se identificavam pelas cores dos terços de plástico, o que causava transtornos internos. É comum vermos jovens andando com seus cabelos oxigenados, com suas sobrancelhas em 3 pedaços raspadas, seus terços coloridos e com tatuagens de Nossa Senhora ou ainda com tatuagens de um tipo específico de desenho de terço nas praias de Tambaú e Cabo Branco aos finais de semana. Os mesmos grupos que pulam as roletas de ônibus e promovem brigas e outras algazarras nos ônibus da capital. Hoje em dia está impossível ir às praias de Tambaú e Cabo Branco aos finais de semana de ônibus. Ainda, como andam em grupos, acabam promovendo assaltos e arrastões. Há ainda. como no caso da facção Okaida que ainda se serve do medalhão de São Jorge naquelas peças de corrente prateada, como forma de identificação da facção a qual pertence. Logicamente não queremos comparar o que acontece com a perversão de símbolos religiosos para identificação de facções criminosas, mas não podemos nos esquecer daquele que perverteu um dos maiores símbolos esotéricos da Índia antiga: Adolph Hitler. Ele ao se servir da cruz suástica, perverteu o simbolismo dado pelos hindus e outros povos místicos. Enquanto a suástica hindu segue o sentido anti horário, a cruz suástica de Hitler segue o sentido horário sempre com os braços eretos, porque há suásticas utilizadas por místicos em que os braços apresentam outras formas. Uma aberração a utilização de símbolos religiosos, porque infelizmente hoje, podemos nos deparar com uma pessoa estudante de misticismo ou adepta do hinduísmo, por exemplo, que tenha que provar que não está incorrendo no crime previsto no artigo 20, § 1º da Lei Caó, que proibiu a fabricação, comercialização, distribuição e veiculação de símbolos que utilizam a cruz gamada ou suástica para fins de divulgação do nazismo. Infelizmente, o ser humano que tem tanto potencial para criar, por questões socioeconômicas ou ainda mesmo morais, pervertem aquilo que é sagrado, como prova maior de que está desconectado, dividido, que precisa ser restaurado e reintegrado a algo superior que justifique a sua existência nesse plano. 

Laura Berquó
Professora, advogada e militante de Direitos Humanos

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

TERÇA-FEIRA, DIA DE OXUMARÉ


SEGUNDA-FEIRA, DIA DE OMULU


SEGUNDA-FEIRA, DIA DE EXU


SEGUNDA - FEIRA, DIA DAS NOSSAS MOÇAS


DIRETAS DA LAURA

FOTO DA INTERNET

MULHER PODE AMAMENTAR EM PÚBLICO! NÃO EXISTE A TAL LEI!

Cuidemos da saúde de nossos seios: pequenos ou grandes, o que importa é que eles tenham saúde
Nossos seios são fontes de vida! 
PREZAD@S, MULHER PODE AMAMENTAR EM PÚBLICO. ISSO QUE ROLOU NO FACE É MENTIRA! VIVA AS MÃES QUE AMAMENTAM EM PÚBLICO! E SE FOSSE CRIMINALIZADO AMAMENTAR EM PÚBLICO PARA ALIVIAR A FOME DA CRIANÇA, O ATO EM SI SERIA CONSIDERADO ESTADO DE NECESSIDADE. PODEM CONFERIR NO SITE www.planalto.gov.br E VERIFIQUEM QUE NÃO FOI SANCIONADA NENHUMA LEI NESSE SENTIDO EM 2016 E FINAL DE 2015.

FOTO DA INTERNET

AINDA: MULHERES EMPODERADAS


LANÇAMENTO DE LIVRO DA EKEDE SINHA DA CASA BRANCA


COMENDA YANASSÓ ACALÁ ADETÁ (MULHERES EMPODERADAS





PREZAD@S, OCORREU NO DIA 29.01.2016, NO ILÊ ASÉ OSUN ODENITÁ A ENTREGA DA COMENDA YANASSÓ ACALÁ ADETÁ, UMA PARCERIA ENTRE O ILÊ E O GRUPO VIDELICET EM RECONHECIMENTO ÀS MULHERES QUE NA PARAÍBA LUTAM TANTO PELO FIM DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA COMO OUTRAS MULHERES QUE FORAM HOMENAGEADAS PELA IMPORTÂNCIA DE SUAS ATIVIDADES EM NOSSA SOCIEDADE. O EVENTO É ALUSIVO AINDA AOS 30 ANOS DE FUNDAÇÃO DO ILÊ ASÉ OSUN ODENITÁ QUE TEM A FRENTE O BABALORIXÁ ERIVALDO D'OSÚN. ABAIXO PALAVRAS DELE:




"FIQUEI MUITO FELIZ, A COMENDA FOI UM SUCESSO, OXOSSI QUERIA VER TODAS A S MULHERES E FOI AQUELA FESTA. MUITAS CRITICAS E ELOGIOS E EU SOUBE ADMINISTRAR TODAS ELAS. AS CRITICAS COLOQUEI NOS PÉS DE XANGO E JÁ ESTOU RECEBENDO AS RESPOSTAS. QUERO AGRADECER A TODAS AS MULHERES QUE VIERAM E AS QUE NÃO PUDERAM VIR TAMBÉM, QUE OSUN ABENÇOE CADA UMA DE VCS. SUCESSO TOTAL. REALIZADO E FELIZ POR HOMENAGEAR ESSAS MULHRES LINDAS E MARAVILHOSAS.RECEBI MUITAS MENSAGEM EM MEU ZAP, AGRADECENDO E FELIZES POR SEREM LEMBRADAS, POR MIM SEMPRE SERÃO, POIS OQUE SERIA DO ASÉ E DO MUNDO SEM AS MULHERES?

AINDA, ALGUMAS FOTOS DO EVENTO E A RELAÇÃO DAS MULHERES QUE RECEBERAM A REFERIDA COMENDA:






















"MÃE LÚCIA DE OSUN
DONÉ RENILDA DE OSOSSI
MÃE TUCA DE OXAGUIÃ
DONÉ DORIOMAM DE YAMANJA
DONÉ JACKLINE DE OSUN
DONÉ ISABEL DE BESSEM
IYÁDAGAN DULCE DE OYA
EKEDE TÂNIA DE OYA
MÃE DAPAZ DE OSUN
MÃE CHAGUINHA DE OSUN
IYAKEKERE DOS ANJOS DE OSUMARE
AJIBONAN SILVANA DE OSUN
MÃE PENHA DE YEMANJA
EGBONMY VERONICA DE OSUN
MÃE ADEILZA DE OSUN
MÃE MOCINHA DE OMOLU
MÃE CRISTIANA DE OSUN
YA MORÔ VILMARA DE OYA
MÃE NENA DE OSUN
EKEDE LAURA DE OGUN
EKEDE GORETE DE OSOSSI
PROFESSORA VANIA
DONÉ VERONICA LOURENÇO DE OSUN
SANDRA MARROCOS
MARIAH DE OMOLU
MÃE MARINALVA DE OGUN
TERLÚCIA DA SILVA ( BAMIDELE)
MÁE IVONETE DE OSUN( CAMPINA GRANDE)
MÃE ZETINHA DE OYA
MÃE GORETE DE OSUN ( CAMPINA GRANDE)
MÃE LOURDINHA DE OSOLUFON
MÃE ANA JULIA DE OSUN
EKEDE SOLONGE DE OYA
EKEDE SÔNIA DE OYA
YABASSE FERNANDA DE OSUN
EKEDE ROBERTA DE OSUN
EKEDE LUANA DE ODE-CARÉ
DEPUTADA ESTADUAL ESTELA ISABEL
EKEDE REGINA DE NANA
A SENHORA MARIA DAS NEVES( A MÃE DO PAI VAMBERTO)
A SENHORA FATIMA LUCENA( DO GRUPO AMIGOS DO PEITO)
FABIANA VELOSO JONALISTA.
A SENHORA DIANA MOTTA
EKEDE CARLA DE OSUN
VANUZA DE OSUN (DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA)
MÃE JOSELMA DE OSOSSI
DONÉ LÚCIA DE OSUN-OMIDEWIN ( DO VALENTINA
SORAYA VILAR (MUÇULMANA)
PAULA FRANCINETE
YA RAIMUNDA DE OYA
EKEDE GORETE DE OYA
IVANICE FRAZÃO (PROFESSORA DE HISTÒRIA DA UFPB)
ANA PAULA CAVALCANTI (VIDELICE)
MULHERES NACIONAIS QUE FIZERAM A DIFERÊNCIA NA RELIGIÃO COMO TAMBÉM NA SOCIEDADE:

EKEDE SINHA DE XANGÓ (TERREIRO DA CASA BRANCA)
DONÉ KIKA DE BESSEM (SÃO PAULO)
EKEDE SILVANA VERISSIMO (SÃO PAULO)
YA JACIARA DE OSUN (SALVADOR - BAHIA)
EGBONMY CONCEIÇÃO REIS DE OGUN (SÃO PAULO)
EGBONMY NICE DE OYA (TERREIRO DA CASA BRANCA)
YA LOURDES DE OYA DO (TERREIRO OYATUNJÁ SALVADOR BAHIA)
MARCOTA VALDINA PINTO (SALVADOR - BAHIA)
YA ESTELA AZEVEDO DE OSOSSI (CONHECIDA CASARIOSAMENTE POR MÃE ESTELA- AXÉ OPO-AFONJA)"

MAIS UMA TRAVESTI É MORTO EM JOÃO PESSOA

PERGUNTAMOS ATÉ QUANDO OS HOMOFÓBICOS CEIFARÃO VIDAS. ABAIXO CRIMES DE ÓDIO. OU ENTÃO QUE AS INVESTIGAÇÕES APONTEM OUTRA JUSTIFICATIVA. 24 FACADAS? DIFÍCIL NÃO FALAR EM ÓDIO QUANDO SE TRATA DE ARMA BRANCA E A QUANTIDADE DE PERFURAÇÕES.

LAURA BERQUÓ



REPRODUZINDO MATÉRIA DA TAMBAÚ 247 (http://www.portaldolitoralpb.com.br/travesti-e-encontrada-morta-em-mangabeira-com-24-perfuracoes-de-faca/)

"Uma travesti foi encontrada morta no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. O corpo teria sido achado por volta das 5h20 desta terça-feira (16), próximo a uma loja de calçados da região.
Registrada com o nome de Rogério Diógenes Teodósio de Carvalho, 36 anos, ela costumava se identificar como Cicarelli. A travesti foi encontrada com 24 perfurações de faca.
Ainda segundo informações da Delegacia de Homicídios da Capital, o pai e a irmã da vítima estiveram presentes no local do crime. Foi feita a perícia e o corpo foi recolhido para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol).
Até as 7h15 desta terça-feira, não havia identificação do motivo e do autor do assassinato.
Com Tambaú 247"



JOÃO VICTOR, MEU SOBRINHO DO CORAÇÃO!

APESAR DE DESAJEITADA COM BEBÊS, JOÃO VICTOR FOI MUITO PACIENTE COMIGO. FILHO DA MINHA AMIGA KARYNA MAKTUB. 


ELEIÇÕES ADEPOL-PB: DANILO ORENGO




MAIS UM DELEGADO PERSEGUIDO: DANILLO ORENGO


"NOTA DE SOLIDARIEDADE




A Associação dos Delegados de Polícia Civil da Paraíba – ADEPOL-PB, através de seu presidente, vem a público manifestar VOTO DE SOLIDARIEDADE ao Delegado de Polícia Civil GRACIANO DANILLO BORBA ORENGO, que foi exonerado do cargo de Delegado Titular da Delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil no Município de Campina Grande (DRF), através do Ato Governamental nº 0131, de 12 de fevereiro de 2016.
A sociedade campinense e paraibana tem conhecimento dos excelentes serviços prestados pelo Delegado DANILLO ORENGO, o qual já desempenhou, de forma brilhante, ética e honrada, suas funções em diversas outras unidades policiais do Estado da Paraíba. A exoneração do citado Delegado de Polícia foi uma surpresa para a classe, pois ele vinha desempenhando excelente trabalho à frente da DRF-CG, com várias apreensões relevantes, prisões, acarretando a redução dos índices de crimes violentos patrimoniais (CVP) na região da Borborema.
Cumpre destacar que o Delegado DANILO ORENGO encontra-se encabeçando, na condição de 2º Vice-Presidente, a chapa “União e Igualdade”, na disputa eleitoral para o comando da Associação dos Delegados de Polícia Civil da Paraíba – ADEPOL-PB, chapa esta que rivaliza com a chapa encabeçada pelo Delegado de Polícia Cláudio Lameirão, atual presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia Civil da Paraíba – ADEPDEL. 
É sabido que a designação para ocupação de cargos de comissão e funções de confiança é atribuição discricionária da autoridade competente. Mas, no caso do Delegado de Polícia, como garantia, a Lei 12.830/2012 reza, em seu art. 2º, § 5º, que “A remoção do delegado de polícia dar-se-á somente por ato fundamentado”. Segundo o professor Renato Brasileiro (2015, Legislação Criminal Especializada, p. 185), essa remoção “abrange não apenas a transferência de uma cidade para outra, mas também de uma delegacia para outra”.
Não se questiona a liberdade em se reorganizar a estrutura de pessoal da Polícia Civil, da forma mais conveniente ao interesse público e à eficiência da gestão, adequando a vocação dos policiais ao serviço policial. Essa atribuição é, indubitavelmente, de titularidade da autoridade governamental, dotada de legitimidade democrática. Todavia, a forma como ocorreu a exoneração do Delegado DANILLO ORENGO, durante um processo eleitoral extremamente disputado e em que é sabido o poder de influência administrativa e política dos integrantes da chapa presidida por Cláudio Lameirão, permite, no mínimo, algumas reflexões.
Não se mostra razoável, transparente e impessoal a declaração do Superintende da 2º SRPC, Delegado Luciano Soares, no sentido de que a exoneração se deu por “necessidade administrativa da gestão”, expressão genérica, vazia e desprovida de fundamentação para a remoção de um Delegado de Polícia que vinha tão bem desempenhando suas atribuições na DRF em Campina Grande. Tal circunstância se agrava pelo fato de o Delegado Luciano Soares votar declaradamente na chapa encabeçada por Cláudio Lameirão. Agrava mais ainda o fato de ser notório que as pessoas que apoiam ou compõem a citada chapa são justamente as que se encontram ocupando, quase que unanimemente, os cargos de gestão na Polícia Civil. NÃO SE PODE CONFUNDIR A DISPUTA CLASSISTA COM A GESTÃO ADMINISTRATIVA.
A direção da ADEPOL-PB renova os votos de credibilidade e confiança na pessoa e na gestão do Sr. Governador Ricardo Coutinho, esperando que as ações arquitetadas por grupos que buscam, pura e simplesmente, a perpetuação de poder na instituição não contaminem o êxito da gestão governamental.
João Pessoa, 13 de fevereiro de 2016."



domingo, 14 de fevereiro de 2016

SR. DORTA, QUEM SÃO SEUS HOMENS DE CONFIANÇA? PARTE 2

PREZAD@S, AINDA DA SÉRIE "SR. DORTA, QUEM SÃO SEUS HOMENS DE CONFIANÇA", TRAZEMOS UM OUTRO PERFIL QUE INTEGRA A ESTRUTURA DA SEAP: MAJOR SÉRGIO FONSECA. FIGURA CARIMBADA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO, PÉSSIMO GESTOR QUANDO ERA DIRETOR DO PB1, TENDO INCLUSIVE COMETIDO A ABERRAÇÃO DE MANDAR PRENDER CONSELHEIROS DO CEDH EM 2012, É INDICIADO EM VÁRIOS INQUÉRITOS POLICIAIS E RESPONDE POR HOMICÍDIO DOLOSO E TORTURA. FOI APONTADO AINDA PELAS APENADAS DO BOM PASTOR COMO SUPOSTO AMANTE DA DIRETORA CINTHYA ALMEIDA E COM ELA INGRESSAVA NO CONVÍVIO PARA OFENDER E PISAR CABEÇA DE APENADAS QUANDO ESSAS SE ACOMODAM COM O CORPO PERTO DAS GRADES DAS CELAS. ESSE MESMO HOMEM DE CONFIANÇA DE DORTA FOI ALÇADO A GESIPE POR INDICAÇÃO DE CINTHYA ALMEIDA, A MESMA QUE DEU A IDEIA DE QUE ME ACUSASSEM DE FALSIFICAÇÃO DE CARTAS DE APENADAS PARA VER SE EU CALAVA A BOCA E QUE SEGUNDO ALGUMAS ALBERGADAS É TEMIDA POR INVENTAR FLAGRANTES PARA SUAS ALBERGADAS DESAFETOS: TIPO, APARECER DROGA SABE-SE LÁ DE ONDE. POIS É, FAZENDO A MESMA ESCOLA QUE SUA AMIGA, MAJOR SÉRGIO AJUDOU A ARMAR ESSE CIRCO CONTRA O EX-DIRETOR DO PRESÍDIO DE SAPÉ, SILVA NETO, TALVEZ PORQUE O MESMO NÃO ESTEJA NO ROL DOS DIRETORES DE PRESÍDIO DA PARAÍBA QUE PARTICIPE DA DÉCIMA (OU DÍZIMO). ESSE MESMO CIRCO QUE AGORA O SR. DORTA SE UTILIZA PARA TENTAR DIMINUIR A PESSOA DE SILVA NETO. TRAREMOS DURANTE A SEMANA OUTROS NOMES DE CONFIANÇA DO SR. DORTA. MAS ANTES, VOU REPRODUZIR ABAIXO A RESPOSTA DE MARINHO MENDES. EU NÃO SABIA QUE O SR DORTA PRECISOU SE MUDAR PARA O MESMO PRÉDIO DO GOVERNADOR PARA SE FAZER NOTAR E SER NOMEADO SECRETÁRIO. PARA AQUELES QUE PRETENDEM UMA SECRETARIA, FICA A DICA:


"SR. SECRETÁRIO DORTA DA SEAPPrimeiramente quero aproveitar a ocasião para agradecer a Laura e tantas e tantas outras queridas pessoas amigas que nos defendeu das suas agressões, talvez se achando o segundo governador desse Estado que merece respeito e não homens que o injuriam e o envergonham.Um segundo governador que não sabe prestigiar os homens de bem e nem respeitá-los quem o enxerga como nada, pois comandar uma secretaria repleta de pessoas cujo comportamento não são recomendáveis não é para qualquer um, Ah quer saber quem são as pessoas pouco recomendáveis, quer mesmo? Deixe para outra ocasião, pois agora o assunto é o DORTA, que ao levar a queda não saberá se acertar não, de forma algumaO Major Sérgio, esse homem é querido pelo governador Ricardo Coutinho, pois, após cometer uma aberração, prendendo sem ordem de qualquer pessoa cinco membros do Conselho Estadual dos Direitos Humanos, virou o “homem do governador”, foi promovido a Major, foi Subcomandante do 5ª Batalhão, foi mais uma vez, nomeado, sendo um dos objetivos, desmoralizar aqueles que sonham com o direito sendo respeitado, com o respeito ás pessoas humanas, mesmo que que algum momento das sus vidas segregadas, como estará o Major de novo e sob a indicação do governador, o que tenho escutado não é animador e mantém a Paraíba nesse atraso de desmoralização, tratando mal o preso, batendo no segregado como é o caso das denúncias que temos recebido, mas o major Sérgio está com tudo, pois ele é quem manda na Secretaria e pronto, foi colocado pelo Governador,E é verdade, tanto é, que logo na chegada, foi direto e mandou um ofício para um delegado de polícia, amigo de “DORTA”, dizendo uma sacanagem, a de que “Souza Neto” havia se deslocado a um dos presídios da capital armado e o delegado, só pode ter sido por amizade com o DORTA, abriu um inquérito e indiciou Silva Neto por porte ilegal de arma, mas como? Se ele estava de serviço e foi aquele presídio autorizado pelo então chefe do órgão que hoje é comandado pelo Sérgio?Mas o DORTA que é tão maneiro ao tratar com os seus chefes e é tão bravo ao tratar com pessoas tidas por ele como nada ou inferiores, precisa entender que um dia não muito distante ele levará um chute desferido por aquele a quem espera na entrada do prédio, pois dizem que o mesmo comprou ou alugou um apartamento vizinho ao chefe e fica esperando a chegada do mesmo para começar uma conversa. Se for mentira, é o que se comenta por aí e ao Sr. Governador, seja sereno, pense, saia desse aí e de outros que estão de olho na vaga. Mande DORTA ir ser delegado em Bom Jesus ou outra cidade que tenha o perfil dele, pois como secretário ele não assenta e coloca tudo a perder, e o perfil a que me refiro, desculpem as cidades pequenas é que o do secretário está no mesmo grau dessas comunas; Marinho Mendes Machado."

REPRODUZINDO NOTÍCIA SOBRE CRISE DA FUNDAC

"SEM GASOLINA, FUNDAC DEIXA DE LEVAR INFRATORES À AUDIENCIAS

A Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac) está sem contrato para abastecimento de combustíveis desde 30 de dezembro do ano passado. O desabastecimento estaria fazendo com que menores infratores deixassem de comparecer a audiências judiciais.
Leia mais notícias no Paraíba Geral
Presidente da Fundação, Sandra Marrocos disse que a suspensão de audiências por falta de combustíveis para transporte tem sido pontual. “Só algumas não aconteceram. E nem há falta de combustível. Estamos com cota de uso reduzida. E isso está sendo sanado”, disse ela.
Marrocos explicou que o contrato com um posto de combustíveis terminou ano passado e que dará entrada em um processo de dispensa de licitação por 90 dias. “Amanhã pela manhã vou tentar resolver essa situação. Encaminhamento do governo é ser rápido”.
A presidente lamentou a superlotação de jovens infratores na Paraíba. Ela contou que – em menos de três anos – a população de menores de idade no Centro Educacional do Adolescente (CEA) mais que duplicou.
“Quando assumi [em 2013] tinha entre 279 e 311 adolescentes. Hoje temos 720! A unidade que mais sente essa redução é CEA Provisória”, declarou Sandra Marrocos, presidente da Fundac. Ela garantiu que as audiências na Grande João Pessoa serão normalizadas."
Jãmarrí Nogueira-MaisPB

sábado, 13 de fevereiro de 2016

"TÊJE PRESO, MOSQUITO"


A PARAÍBA SAI NA FRENTE EM PESQUISA  A SER REALIZADA SOBRE  ZICA E MICROCEFALIA. TRATA-SE DE PARCERIA ENTRE A SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DA PARAÍBA E O CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS LIGADO AO DEPARTAMENTO DE SAÚDE DOS ESTADOS UNIDOS. RECONHEÇO E ACREDITO QUE É UM ACERTO DESSE GOVERNO. SÓ NÃO ENTENDI, NA MINHA IGNORÂNCIA, O QUE A SECRETARIA DE SEGURANÇA TEM A VER COM ISSO . ENQUANTO OCORRIA A REUNIÃO NA SEXTA-FEIRA, 12, PELA MANHÃ, NA MESMA HORA BANDIDOS FAZIAM O BANCO BRADESCO NA EPITÁCIO PESSOA EM JOÃO PESSOA: "TÊJE PRESO, MOSQUITO"!

LAURA BERQUÓ

A ONU E O ABORTO - PARTE 1

PREZAD@S, 

COMO TOD@S SABEM SOU CONTRA O ABORTO. POR ISSO, QUE APESAR DE APOIAR MUITAS CAUSAS NÃO ME CONSIDERO FEMINISTA NO SENTIDO ACEITO E ENTENDIDO CORRENTEMENTE. NÃO SOU A FAVOR DO ABORTO NÃO SOMENTE PORQUE SOU A FAVOR DA VIDA, MAS PORQUE ACREDITO QUE ISSO DIMINUIRÁ MAIS AINDA A DIGNIDADE DA MULHER. NÃO BASTA QUE A LEI DIGA QUE O ABORTO ESTÁ DESCRIMINALIZADO E QUE MESMO ASSIM AS MULHERES NÃO SERÃO OBRIGADAS A ABORTAR. CASO ALGUÉM A OBRIGUE SERÁ CRIME, PORQUE O DIREITO AO ABORTO É UM DIREITO DA MULHER. MINHA GENTE, SE HOJE SENDO CRIME AS MULHERES JÁ SÃO FORÇADAS PELOS HOMENS A ABORTAREM, QUEM FARÁ O CONTROLE DISSO QUANDO FOR LEGALIZADO? MINHA GENTE, EXISTEM TANTOS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS. PORQUE ENTÃO VIOLAR O DIREITO DE UM SER HUMANO EM FORMAÇÃO? ISSO MESMO! AQUELE SER EM FORMAÇÃO JÁ É UM SER HUMANO SÓ QUE EM OUTRO ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO. PRA MIM A VIDA SE DIVIDE EM DUAS FASES: VIDA INTRAUTERINA E VIDA EXTRAUTERINA.O SER HUMANO QUANDO AINDA FETO PRECISA DA PROTEÇÃO DA MÃE E NÃO DO SEU ÓDIO. NÃO É PORQUE EXISTEM HOMENS DEFEITUOSOS MORALMENTE QUE ABORTAM SOCIALMENTE TODOS OS DIAS OS SEUS FILHOS QUE DEVEMOS PAUTAR NOSSO COMPORTAMENTO E JUSTIFICÁ-LOS DE ACORDO COM AQUELES QUE ESTÃO ERRADOS. A MULHER TEM O DIREITO DE ESCOLHA, E ATUALMENTE TEMOS OS MEIOS DE ESCOLHA ATÉ MESMO EM CASO DE ESTUPRO PORQUE HÁ LEIS QUE GARANTEM QUE O ESTADO FAÇA A PROFILAXIA DA GRAVIDEZ EM CASO DE ESTUPRO. DEVEMOS COMO MULHER RECLAMAR QUE AS SECRETARIAS DE SAÚDE DOS ESTADOS-MEMBROS E DOS MUNICÍPIOS POSSAM GARANTIR ESSE DIREITO. MAS POR QUE EU VOU ABORTAR UM SER HUMANO QUE JÁ ESTÁ EM DESENVOLVIMENTO DENTRO DE MIM? NÓS MULHERES RECEBEMOS A VIDA PORQUE É DA NOSSA NATUREZA. SE FOSSEMOS CAVALOS-MARINHOS OS MACHOS DA ESPÉCIE É QUE GESTARIAM NOSSOS FILHOTES. A MULHER, COM EXCEÇÃO DOS CASOS DE VIOLÊNCIA, TEM O TEMPO TODO COMO EVITAR UMA GRAVIDEZ. ASSIM COMO OS HOMENS DEVEM SER CHAMADOS A SUA RESPONSABILIDADE. A ONU DEFENDE O ABORTO COMO UM DIREITO HUMANO. DIREITO HUMANO É DIREITO À VIDA. O FETO É UM SER HUMANO EM OUTRO ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO. SERÁ QUE É DIFÍCIL ENTENDER ISSO? APÓS NASCERMOS CONTINUAMOS O NOSSO DESENVOLVIMENTO, MAS DESSA VEZ DEFENDENDO NOSSO DIREITO À VIDA, MUITOS QUE DEFENDEM SEU DIREITO À VIDA, À SAÚDE E QUE RECONHECEM AS DIVERSAS FASES DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NÃO RECONHECEM A FASE DE DESENVOLVIMENTO DA VIDA POR SER INTRAUTERINA. OU ENTÃO RECONHEÇAMOS LOGO O ÓDIO QUE SENTIMOS DA NOSSA PRÓPRIA NATUREZA, PORQUE NASCEMOS MULHERES, DAS QUESTÕES NÃO RESOLVIDAS QUE SÃO PROJETADAS SOBRE NOSSOS CORPOS. ESTAMOS ODIANDO NOSSA NATUREZA. ISSO É UMA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER! NÃO NEGUEMOS NOSSOS CORPOS. ACEITEMOS QUE TEMOS O DIREITO DE DECIDIR NOSSAS VIDAS MAS NÃO A DA QUE TRAZEMOS DENTRO DE NÓS. TAMBÉM OS HOMENS NÃO SE SINTAM BEM AO SEREM REDUZIDOS A ANIMAIS, A MEROS REPRODUTORES, NEM SE PERMITAM SER REBAIXADOS A TAL PONTO POR ALGUMAS MULHERES QUE CONFUNDEM INDEPENDÊNCIA COM EGOÍSMO. ISSO TAMBÉM DIMINUI A NATUREZA DO HOMEM, A SUA DIGNIDADE. APOSTEMOS NA CORRESPONSABILIDADE, NA EDUCAÇÃO SEXUAL QUE PREVINE E INFORMA, E NO ACOLHIMENTO. AJUDEMOS MULHERES QUE LUTAM SOZINHAS PARA CRIAREM SEUS FILHOS SEM JULGAMENTOS, MAS NÃO ASSASSINEMOS PESSOAS EM OUTRO ESTÁGIO DESENVOLVIMENTO, ASSIM COMO UM DIA PASSAREMOS PELA INFÂNCIA ATÉ CHEGAR A VELHICE. PODEM ME CHAMAR DE REACIONÁRIA, EU NÃO LIGO PARA RÓTULOS.

LAURA BERQUÓ

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

SR. DORTA, QUEM SÃO SEUS HOMENS DE CONFIANÇA?

PREZADO SR. DORTA, ESTOU DESSA VEZ ESCREVENDO AO SR PARA TIRAR UMA DÚVIDA. O SR DISSE QUE COMBATE A CRIMINALIDADE (NÃO ENTENDI PORQUE  JÁ QUE SUA PASTA NÃO É A DA SEGURANÇA) E QUE INCLUSIVE NÃO CONCORDA COM AS DEFESAS DE MARINHO MENDES A SILVA NETO PORQUE SILVA NETO TERIA ENTRADO EM PRESÍDIO NA CAPITAL ACOMPANHADO DE UM CRIMINOSO PARA FALAR COM LÍDER DE FACÇÃO, NÃO É ISSO? ENTÃO, COMO O SR PODE NOMEAR COMO PRESIDENTE DE VÁRIAS COMISSÕES DE SINDICÂNCIA AO LONGO DE SUA GESTÃO, INCLUSIVE PARA PROSSEGUIR COM SEUS ASSÉDIOS MORAIS CONTRA AGENTES PENITENCIÁRIOS, COMO NO CASO DE MARCELO GERVÁSIO, UM DELEGADO QUE EM PERNAMBUCO FOI AFASTADO DAS FUNÇÕES A PEDIDO DA CPI DO NARCOTRÁFICO, NA ÉPOCA DO ENTÃO GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS. COMO CIDADÃ O SR PODE ME INFORMAR SE PROCEDEM ESSAS ACUSAÇÕES E COMO TERMINARAM AS INVESTIGAÇÕES CONTRA O DELEGADO CÉSAR KREYCI URACH? 

NOTÍCIAS QUE RECEBI:

"Delegado afastado do cargo pela SDS


César Urach teve as funções suspensas temporariamente a pedido da CPI estadual do Narcotráfico

Nove anos depois de participar das investigações do seqüestro e morte do menor Narciso Ferreira Santos Neto - ocorrido no dia 3 de julho de 1991, no município de Carpina - o delegado César Urach foi afastado temporariamente de suas funções na Delegacia de Água Fria pelo secretário de Defesa Social, coronel Iran Pereira. O afastamento foi solicitado pelos deputados da CPI estadual do Narcotráfico e da Pistolagem, depois das acusações feitas ontem contra o delegado pela advogada Maria Lúcia Brandão.

No depoimento, Maria Lúcia acusou Urach de receptação de carro roubado, falsificação de documentos para recebimento de seguro e de ser o responsável por várias ameaças de morte feitas contra ela e seus clientes Ronaldo Adelino da Costa, Edilson Belo da Silva e José Agrício de Souza, acusados e condenados como autores do seqüestro e da morte do menor.

Além de Urach, Maria Lúcia afirmou ter conhecimento de ligações que classificou como estranhas entre o deputado estadual Carlos Lapa (PSB), o comerciante Manoel Miranda, o advogado Omar Cruz, a odontóloga Flávia Felipe da Silva e os delegados Maria Matos, José Gervásio, Jetro Ferreira e Roberto Lira. "Todos participaram, direta e indiretamente, das investigações e continuam ligadas a Narciso Ferreira. Muitos são funcionários da Prefeitura de Tracunhaém, administrada por ele". A CPI também solicitou ao Tribunal de Contas do Estado cópias das folhas de pagamento da Prefeitura de Tracunhaém, nos últimos dois anos.

IRREGULARIDADES - Ainda segundo a advogada, os delegados citados foram arrolados como testemunhas, em 1998, durante uma tentativa de reabertura do caso, pelo advogado de Narciso Ferreira. "Como pessoas que investigaram o crime podem ser arroladas como testemunhas?", questionou Maria Lúcia, que pediu proteção de vida à CPI. De acordo com a Maria Lúcia, o deputado Carlos Lapa teria sido o responsável pela indicação dos nomes de seus clientes como responsáveis pelo seqüestro. "Existe uma testemunha que ouviu o deputado dizer que ligou para o comerciante Manoel Miranda, apontando meus clientes como seqüestradores".
Segundo o presidente em exercício da CPI, Lula Cabral (PFL), há possibilidade de a CPI solicitar à Justiça a reabertura do caso. "Tudo vai depender de uma reunião que acontecerá na segunda-feira, quando Maria Lúcia se comprometeu a falar novamente. Outras pessoas poderão ser ouvidas e ser feito o pedido de reabertura do caso", explicou.
TRANQÜILIDADE -O delegado César Urach garantiu que está com a consciência tranqüila. "Ela insiste neste episódio do carro. Não existe qualquer irregularidade na compra do automóvel. Eu financieio carro em meu nome porque Narciso estava com alguns impedimentos no comércio. O automóvel foi roubado oito dias depois de comprado e posteriormente recuperado", argumentou, ao comentar que ainda não havia recebido nenhuma comunicação oficial sobre o afastamento. "Depois que a CPI verificar que nem eu nem Narciso devemos nada, talvez essa mulher pare de nos acusar. Então, ela vai ter que responder por isso". O deputado Carlos Lapa estranhou as acusações. "A única participação que tive durante todo o episódio foi acionar o então secretário de Segurança Pública, a pedido de Narciso. Não vejo nada demais nisso". A reportagem tentou contato telefônico com Narciso Ferreira, Omar Cruz, Jetro Ferreira, José Gervásio, Maria Matos e Roberto Lira, mas não conseguiu completar as ligações para celulares e telefones convencionais.
A advogada acredita que o crime tenha sido planejado pelo pai do garoto e executado com a ajuda dos delegados, do deputado e da odontóloga. "Todos estão envolvidos. A Polícia ameaçou, torturou, matou e prendeu quem quis. Não tenho dúvidas que Narcisinho está vivo", concluiu. O processo sobre o caso está em grau de recurso no Tribunal de Justiça do Estado. A perícia odontolegal, pedida em agosto de 1999, ainda não foi realizada. Delegado César Urach vai à justiça para reaver funções PUBLICADO EM 18/08/2007 ÀS 8:58 POR JAMILDO EM NOTÍCIAS Da editoria de Cidades do JC O delegado César Urach, afastado de suas funções pelo governador Eduardo Campos, vai entrar com um mandado de segurança para reaver seu distintivo e sua arma. Ele está sendo investigado, junto com o agente João Pereira, por omissão em relação a tortura. De acordo com o advogado Ricardo Guedes, que defende Urach, existe outros policiais pernambucanos que estão em situação semelhante, ou mais grave, e não foram afastados.
Menudo é condenado à prisão
“O que está havendo é que estão tratando o caso com dois pesos e duas medidas”, afirmou Guedes, acrescentando que, segundo a legislação, Urach deveria ser intimado para apresentar defesa antes de receber a denúncia. A ouvida do delegado, no entanto, está marcada para o dia 20 de setembro. O caso de tortura teria ocorrido em um domingo e Urach afirmou que, quando chegou à delegacia, na segunda-feira, não havia nenhum preso. Mais uma! Anote a?, delegado Romero Meneses! PUBLICADO EM 05/01/2007 ÀS 20:06 POR JAMILDO EM NOTÍCIAS Aqui vai mais uma contribuição do Blog do JC para o novo dirigente da Secretaria de Defesa Social (SDS), o delegado da Pol?cia Federal Romero Lucena de Meneses. Desta vez, mostramos trechos do depoimento do delegado César Urach, à CPI do Narcotráfico. A matéria foi publicada no JC no dia 08 de abril de 2001. Leia também o que o Blog publicou mais cedo sobre o tema (veja na seção Artigos, ao lado). \”É melhor fazer bico do que roubar\” No dia 16 de maio de 2000, o delegado César Urach prestou esclarecimentos à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico e Pistolagem. Na sessão da CPI, Urach confessou ter realizado funções paralelas às atividades policiais, trabalhando para a Pankare, empresa que faz investigação de roubo de cargas. Abaixo, a reprodução de parte desse depoimento. CPI – Onde o sr. trabalha? SEGUNDA-FEIRA, 28 DE FEVEREIRO DE 2011
Comissário de polícia, com cerca de 20 anos de atuação, Menudo foi acusado de extorsão, junto com mais três agentes e o, então, delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Carga, César Urach, por um cidadão, cujo primeiro nome é Antônio, de acordo com o advogado de Menudo. “Desses cinco agentes públicos, dois foram absolvidos e três condenados. Fica a pergunta: Que prova é essa que se presta para condenar três acusados quando a acusação é contra cinco?”, indagou Fernando Lacerda, informando que entre os absolvidos está o, então, delegado titular César Urach.
Vereador é acusado, junto com três agentes e um delegado de extorquir um cidadão RENATA BEZERRA DE MELO Foi com surpresa que o vereador do Recife pelo PHS, Estéfano Menudo, recebeu, no final de semana, a notícia de que havia sido condenado à mais de nove anos de detenção, acusado de concussão - extorsão envolvendo funcionalismo público. A sentença foi proferida, na última sexta-feira, pelo juiz Honório Gomes do Rêgo Filho e o processo correu na Vara de Crimes contra Administração Pública e à Ordem Tributária. O advogado do parlamentar, Fernando Lacerda, ainda não foi notificado sobre a decisão do magistrado, mas adiantou que cabe recurso a várias instâncias a exemplo do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Supremo Tribunal Federal (STF). De antemão, garantiu que o vereador “respondeu a todo o processo em liberdade e mantém o status durante toda a parte de tramitação de recurso. Ele apela em liberdade”.
fonte: Folha de Pernambuco
O advogado questiona o fato de o denunciante ter alegado que ficou detido em um xadrez na referida delegacia, quando, na realidade, não existia cela naquele espaço. “O cidadão disse também que, na segunda-feira pela manhã, estava na delegacia com o delegado César Urach e o delegado fez prova que estava em reunião com outros delegados”, acrescentou o advogado. Antes de chegar à esfera judicial, o caso foi apurado pela corregedoria da Polícia Civil, que absolveu os acusados. “Foi um delegado, um perito e um legista que fizeram o procedimento de investigação”, registrou Estéfano Menudo, que crê em sua inocência e na possibilidade de o Tribunal de Justiça “fazer a avaliação mais completa e ver que somos inocentes”. A ação tem cerca de quatro anos em tramitação.
“Um fato lá atrás está me complicando agora. Um indivíduo fez uma denúncia contra a Delegacia de Roubos e Furtos de Carga no Ministério Público. Ele falou que foi preso e teve que dar algumas coisas, que um imóvel foi tomado dele, para ser liberado”, relatou Menudo, sublinhando que “respeita a decisão judicial”.